segunda-feira, 2 de março de 2009

Nêga Fulô



Algumas semanas atrás eu tive um dia muito ruim, e durante esse dia me veio a frase "Eu tô sofrendo feito uma mulher negra." Achei até engraçado essa idéia e ela me ajudou a passar o resto do dia.
Bom, esse pensamento foi guardado e ficou fermentando nos porões da minha cabeça até que hoje, enquanto eu ouvia Nina Simone cantar "Don't let me be misunderstood" (muito boa a versão, recomendo, tem no iutubi), me veio essa inspiração.
Espero que gostem, Acho que todos nós, mais cedo ou mais tarde, temos um dia de mulher negra.
Deus abençoe as mulheres negras

Carlos A. C. Peroni

Deus abençoe as mulheres negras
Suas curvas hiperbólicas,
Suas carnes generosas,
Seu leite, que jorra branco
Dos mamilos carvão
Deus abençoe as mulheres negras
Deus abençoe as mulheres negras
Pela alegria de seu sorriso
Ora tímido, ora irrestrito
Seus dentes, grandes e alvos,
A iluminar o rosto lustroso
Deus abençoe as mulheres negras
Deus abençoe as mulheres negras
Pelo seu gozo potente
Pelas suas coxas fortes
Que nos acolhem e apertam
E roubam nosso fôlego
Deus abençoe as mulheres negras
Deus abençoe as mulheres negras
Pelas lágrimas que vertem, abundantes e salgadas,
E escorrem atrapalhadas pela vergonha
Pois elas carregam o sofrimento do mundo
Pois elas encarnam o lombo que recebe o açoite
Deus abençoe as mulheres negras

Nenhum comentário: